Published On: seg, fev 23rd, 2015

Chuva castiga e provoca erosão em bairros de Naviraí

A Prefeitura Municipal de Naviraí atuou durante toda esta semana na recuperação dos estragos causados pela chuva. O índice pluviométrico da Copasul – Cooperativa Agrícola Sul-mato-grossense, registrado nos últimos setes dias registrou mais de 140 milímetros de chuva no município. A forte chuva provocou erosão, danificando várias ruas onde não existe a pavimentação. Cidades vizinhas como Ivinhema e Nova Andradina também sofreram com o alto índice de água, está última decretou situação emergência.

O prefeito Léo Matos tem trabalho na busca de uma solução para minimizar este tipo de problema. Ele lembra que casos de alagamentos em trechos de duas principais avenidas – Campo Grande e Amélia Fukuda vem causando transtornos para quem transita nessas regiões em época de forte chuva. O prefeito lembra que problemas existentes há anos estão sendo corrigidos em sua gestão.

“Quanto a estes locais um estudo já vem sendo feito, são duas obras complexa, mas que precisa ser resolvido. Mas sabemos que o custo dessas obras é bem elevado e precisamos de parcerias junto ao governo federal e estadual”, explicou prefeito.

O prefeito Léo Matos destaca que projetos para asfalto em vários bairros já estão em andamento e outros já foram licitados, e segundo ele, em breve as obras serão iniciadas, como: Tarumã e Oásis. “Logo estaremos licitando para asfalto e drenagem de todo Jardim Ipê. Estamos buscando meios para sanar todos os problemas que herdamos, mas infelizmente não é possível realizar todos de uma vez”, observou o prefeito.

Para dar condições de tráfego nas ruas danificadas pela forte chuva, máquinas e funcionários da Gerência de Serviços Públicos da prefeitura trabalham diariamente na recuperação.

Fonte: Assessoria